Porque a gente tem fome.

Posts com tag “SPFW

#OBRASILNÃOTEMCULPA

Às favas as camisetas
‘del maricón’ Sergio K.

Que as camisetas (e as campanhas) de Sergio K. são sem graça e embutidas de pré-conceito, não é novidade. Quem acompanha o blog, sabe disso há algum tempo.

Talvez a Copa do Mundo só tenha feito com que uma parcela da população que, não aquela público alvo de Sergio K., tomasse conhecimento que a marca burguesa existe. Mas e daí?

Daí que como sempre, Sergio K. criou polêmica e ganhou vitrine, a chamada “mídia espontânea”. Só que outra vez não segurou a onda e vitimou-se como a um cãozinho acuado em meio a lobos famintos.

Mas não é a reação dessa maioria “raivosa” que reagiu às estampas nas redes sociais que me causa espanto. Nem os gays que se sentiram ofendidos — e eu sinceramente não lembro que algum gay tenha esbravejado quando Félix jogou um bebê na caçamba.

O que ainda me causa estranheza — eu poderia dizer “nojo” ou será “consternação”? — é a reação de uma parte da chamada “elite da moda”, aquela que não satisfeita em definir o que vai vender, ao invés de celebrar, esbraveja inconformada contra um novo público que passou a consumi-la.

Explico. Na semana em que o Golpe Militar de 1964 completou 50 anos, a Ellus levou um batalhão de militares a passarela do São Paulo Fashion Week (apoio?) para finalmente lançar a campanha “Abaixo esse Brasil Atrasado”.

A estratégia de marketing, aliás, foi desastrosa: uma cópia de um selfie do último Oscar, agregou seguidores ao Instagran de Cauã Reymond; e não ao da marca. Originalidade zero.

Ao invés da fazer política, a Ellus preferiu fazer politicagem. E, em tom de lamuria, jogou a para a plateia a responsabilidade por não conseguir concorrer com as grandes grifes internacionais:

— Tudo é tão difícil! (…) Brasil = ineficiência, improdutividade. Isso faz com que fiquemos isolados do mundo, acarretando esse atraso todo em relação ao mundo moderno — escreveu a grife em um “desabafo” que tentava explicar ao público o desfile desastroso.

Em paralelo, Paulo Borges, criador e mentor do SPFW, postou nas redes sociais uma foto ao lado daquele que chamou de “Professor Delfin Neto”, famoso economista dos tempos da Ditadura Militar e um dos apoiadores do Ato Institucional Número 5 que em 1968 fechou o Congresso e calou muitas das vozes pensantes do país, entre elas Zuzu Angel, ícone da moda nacional.

Mais: foi pelas mãos do “Professor Delfin” que o Brasil quebrou e caminhou para índices de inflação recorde levando milhões a linha de pobreza.

É incrível, mas é preciso dizer: o Brasil só decolou com a Democracia. E três décadas depois, nunca tantos brasileiros tiveram acesso ao consumo. E podem fazer suas próprias escolhas.

Ignorar a opinião desse potencial consumidor pode ser fatal. O que não se pode é definir um país pela mentalidade de uma marca. O Brasil não tem culpa da Ellus e seus pares serem tão atrasados. #OBRASILNÃOTEMCULPA


DANADA!

Amapo

Amapô

Amapô @ SPFW SS15 09

Amapô @ SPFW SS15 08

Amapô

Amapô

Amapô @ SPFW SS15 12

Amapo

Amapô @ SPFW SS15 14

Amapô @ SPFW SS15 15

Amapô

Amapô

Amapo

Amapo

Luz na passarela da Amapô

Não faltaram elementos da cultura brasileira na passarela da Amapô que, embalada pelo som do É o Tchan, contagiou os VIPs convidados para o desfile da grife no São Paulo Fashion Week. Alegre, irreverente e muito colorida, a coleção teve como inspiração principal o Havaí. O jeans foi renovado com amarrações e lavagens claras, opções para fêmeas e marmanjos. Na linha praia, as sungas estampadas seguem com tudo. #DANADA!


METAMORFOSE

Lino Villaventura

Lino Villaventura

Lino Villaventura

Lino Villaventura @ SPFW SS15 04

Lino Villaventura

Lino Villaventura

Lino Villaventura

Lino Villaventura

Lino Villaventura

Lino Villaventura

Lino Villaventura

O ‘namastê’ de Lino Villaventura

O desfile PRIMAVERA/VERÃO 2015 de Lino Villaventura no São Paulo Fashion Week foi pura inspiração. O estilista embarcou rumo à Ásia num misto de estampas em seda e tafetá. Um olhar para o momento importante que estamos passando, que traz novas maneiras de viver, e ficar mais pé no chão, define o estilista. E o pé no chão chegou a ser literal: meninos entraram na passarela com meias abertas no calcanhar. #METAMORFOSE


SPFW

Cavalera

Cavalera

Cavalera

Cavalera

Cavalera @ SPFW SS15 01

Cavalera @ SPFW SS15 07

Cavalera

Cavalera @ SPFW SS15 02

Cavalera

Cavalera

Cavalera @ SPFW SS15 09

Cavalera @ SPFW SS15 08

Cavalera

Cavalera

Cavalera

O hippie style da Cavalera S/S15

Em uma releitura da moda hippie dos anos 70, a Cavalera apresentou a sua versão do festival de Woodstock e levou Rafael Lazzine à passarela do São Paulo Fashion Week. Com direito a protesto na entrada final, a grife apostou em uma pegada mais sexy e tropical, com um ar street perfeito para a balada. E atenção, men: o jeans básico lavado volta com tudo, assim como as botas de motoqueiro. #SPFW


SIMPLES ASSIM

João Pimenta

João Pimenta

João Pimenta

João Pimenta

João Pimenta

João Pimenta @ SPFW SS15 06

João Pimenta

João Pimenta @ SPFW SS15 13

João Pimenta

João Pimenta

João Pimenta

João Pimenta

João Pimenta

João Pimenta

João Pimenta

João Pimenta

João Pimenta mistura
as estações no dia 1 do SPFW

O primeiro desfile masculino da edição PRIMAVERA/VERÃO 2015 do São Paulo Fashion Week veio recheado de looks praianos, bermudas e cores leves versus os tons de chumbo, couro e lã — uma referência direta ao ambiente frio e urbano. As costuras dos paletós e calças vieram com eixos alterados. Ah, e lembra do colete? Pois ele deu lugar às roupas mais descomplicadas, só com calça e paletó. #SIMPLES #ASSIM


BACKSTAGE

SPFW @ Bastidores

Às vésperas do SPFW,
mercado vive dias agitados

O mundo da moda está em polvorosa. Com o São Paulo Fashion Week batendo à porta (o start é já na próxima segunda-feira, 31), nomes importantes do mercado masculino acabam de trocar de agência. O principal deles, André Bona.

A Mega Model Brasil anunciou o nome de Alexandre Kunz, ex-Elian Gallardo. Até a semana passada na Closer Models, Jivago Santini foi para a L’Equip Model, que fechou ainda com os new faces Cristian Barcelos e Lucas Dambros, ambos vindos da Lumiere.

A maior surpresa foi a transferência de André Bona para a Way Model. Revelação da moda brasileira, André deixou a Closer após dois anos. Pela agência, o modelo desfilou com exclusividade para a Givenchy, em 2013, em Paris, e co-estrelou recentemente a campanha da Armani Exchange.

BASTIDORES

É verdade que as trocas são normais nesta época do ano. Mas um burburinho envolvendo a Closer acrescentou tempero ao backstage de 2014. A agência teria se desentendido com Bill Macintyre, respeitado produtor de casting do SPFW e sinônimo de influência nos bastidores da moda.

— Quando algum modelo cai nas graças dele, consegue se colocar em vários trabalhos legais. Ninguém quer brigar com ele — revela uma fonte do mercado.

O rompimento teria excluído a Closer dos castings do SPFW. Temendo ficar fora do evento, Jivago Santini e André Bona deixaram a agência. A decisão, de última hora, fez com que os showcards (material com informações sobre os modelos) divulgados para o mercado ficassem desatualizados

JUSTIÇA

A Closer alega que os modelos saíram em acordo com a agência. E não poupa elogios ao profissionalismo de ambos. Mas confirma uma divergência no reajuste da tabela de desfiles (leia-se “preços!”). Há quase 15 anos sem aumento, a tabela acaba de ser reajustada pelo sindicato da categoria.

Em reunião, que contou com a presença das 13 maiores agências do país, a Closer defendeu que os valores de tabela fossem usados apenas como referência e pudessem ser negociados. Mas acabou isolada.

— Tentaram impor uma tabela fixa. Como não concordamos, fomos excluídos dos castings — explica Eduardo Duque, um dos sócios da Closer.

Sem acordo, a Closer ameaçou entrar com uma ação na justiça contra as demais agências sob o argumento de que os valores estipulados constituíam formação de cartel, uma vez que não permitiam a livre concorrência.

Ao que parece a medida deu resultado. Nesta quarta-feira, 26, pelo menos dois modelos da agência voltaram a participar dos castings do maior evento de moda do país.

OUTRO LADO

Em tempo: desde a última terça-feira, 25, o blog tenta entrar em contato com o produtor de casting Bill Macintyre, mas até a publicação desta reportagem ele não foi localizado. #BACKSTAGE


MACHO MEN

Alexandre Herchcovitch Masculino

Alexandre Herchcovitch

Alexandre Herchcovitch

Alexandre Herchcovitch MEN @ SPFW FW14 05

Alexandre Herchcovitch Masculino

Alexandre Herchcovitch

Alexandre Herchcovitch

Alexandre Herchcovitch Masculino

Alexandre Herchcovitch MEN @ SPFW FW14 10

Alexandre Herchcovitch Masculino

Alexandre Herchcovitch

Alexandre Herchcovitch

Alexandre Herchcovitch MEN @ SPFW FW14 14

Alexandre Herchcovitch Masculino

Alexandre Herchcovitch

Alexandre Herchcovitch

Alexandre Herchcovitch

Alexandre Herchcovitch

Homens de Herchcovitch F/W 14 viram reféns de Lampião

Muito negro com um tom dark misturado ao heavy metal do Sepultura. Junte a isso referências nordestinas como Lampião e o cangaço, ou os black blocs dos tempos modernos. Eis a coleção Alexandre Herchcovitch MEN OUTONO/INVERNO 2014, pronta para o confronto — uma bela mistura, diga-se de passagem.

Destaque para os detalhes: a alfaiataria militar, as calças justas nas canelas, os sapatos com fendas nos dedos e couro, muito couro. Falando nisso, os bornais (algibeiras específicas com alças grossas no ombro que cruzam o corpo em diagonal formando um X) vem do cangaço ou são uma referência leather? Tanto faz, Herchcovitch é cabra-macho, sim senhor! Alguém duvida? #MACHOMEN


#VEMPRARUA

Triton

Triton

Triton

Triton

Triton

Triton

Triton

Triton

Triton

Triton

Triton

Triton

Triton

O ‘color bloc’ da Triton F/W 14

Em tempos de “Black Bloc”, o OUTONO/INVERNO 2014 da Triton surgiu pacificamente discreto na passarela do São Paulo Fashion Week, carregado no preto e cinza, para logo partir pro ataque. Focada no homem urbano, a grife apostou forte em cores quentes, com muito vermelho e amarelo. E quebrou tudo, no melhor dos sentidos.

Nas jaquetas e parkas dos marmanjos, os bolsos extravagantes deram o tom — eles vão estar em alta na próxima temporada. Reprovado mesmo só as megapochetes. Radicalismo tem limite, ok?! #VEMPRARUA


ARIGATÔ

Ellus

Ellus

Ellus

Ellus

Ellus @ SPFW14 06

Ellus

Ellus

Ellus

Ellus @ SPFW14 09

Ellus @ SPFW14 10

O último Samurai da Ellus F/W 14

A Ellus escolheu o Theatro Municipal para apresentar a coleção OUTONO/INVERNO 2014 do São Paulo Fashion Week. E com direito a Samurai, ícone milenar da aristocracia japonesa. A grife buscou inspiração nipônica para o jeans, sua principal matéria-prima. Teve de tudo: quimono, armadura, macacão… sim, macacão! Destaque para o lado utilitário da confecção, que abusou nos bolsões volumosos. #ARIGATÔ


SHOW

Diego Miguel by Cristiano Madureira 11

Diego Miguel by Cristiano Madureira 12

Diego Miguel | by Cristiano Madureira

O Made in Brazil traz fotos de Diego Miguel fotografado por Cristiano Madureira. O modelo da Way Model esteve em São Paulo na semana passada onde participou do desfile da Colcci no São Paulo Fashion Week. #SHOW


FRUSTROU GERAL

Backstage @ SPFW SS14 02

João Pimenta @ SPFW SS14 Backstage by João Arraes 04

João Pimenta @ SPFW SS14 Backstage by João Arraes 01

João Pimenta @ SPFW SS14 Backstage by João Arraes 03

Osklen @ SPFW SS14

JoaoPimenta @ SPFW SS14 04

JoaoPimenta @ SPFW SS14 05

Backstage @ SPFW SS14

Joao Pimenta @ SPFW SS14 12

João Pimenta @ SPFW SS14 Backstage by João Arraes 05

VERÃO 2014 | Um São Paulo Fashion Week para esquecer

Decepcionante. Foi a sensação que ficou pra quem passou a semana de olho na moda masculina da edição VERÃO 2014 do São Paulo Fashion Week que acabou na sexta-feira, 22. Em cinco dias de desfile pouco se viu sobre o que os homens, sejam eles meninos descolados ou senhores antenados, vão usar na próxima temporada.

A maioria dos shows focou na mulherada. Simplesmente esquecessem que o mercado masculino é um dos que mais cresce no mundo.

–  Foi uma das mais fracas temporadas do segmento em alguns anos e além da carência de imagem de desfiles, as poucas publicações especializadas sofrem por um problema seríssimo de segmentação por opção sexual e não por estilo de vida — apontou a sempre Chic Gloria Kalil.

Da Triton, com meninos cara pintada — a sensação foi de déjà vu — à Ellus, em uma verdadeira viagem pela falta de criatividade, a decepção foi geral. Nem a Osklen que foi buscar inspiração em Ipanema escapou da melancolia. Apresentou moletons coloridos e shorts folgados que mais pareciam querer esconder nossas angústias em um daqueles dias em que mal conseguimos sair da cama.

E o que dizer da Colcci?! Os conjuntinhos de desenho típico do Islã com estampa multiplicada em paletós, camisas e gravatas mais pareciam um desfile de pijamas.

FALTOU COR NO VERÃO 2014

Esperava-se que João Pimenta, único a levar para a passarela um desfile exclusivamente masculino, fosse a excessão a regra da semana de shows. Que nada. O que se viu foi uma alfaiataria sóbria com blazers e paletós justos ao corpo. E ponto. Enfim, um verão cinzento.

– Talvez essa tenha sido a coleção mais comercial do estilista. A extravagância ficou por conta dos forros coloridos e da linda jaqueta amarela, com recortes pretos, que já nasce item de desejo imediato. Destaque também para o terno vermelho, desfilado por um modelo sem camisa — apontou Bruno Astuto.

Até mesmo Lino Ventura optou por um verão sóbrio. Nem sua moda corte e costura escapou.

Melhor fez Marcelo Sommer que, agora à frente da Cavalera, parece ter sido o único a lembrar que o foco era o VERÃO 2014. Por essas e outras, foi dele o melhor desfile masculino da semana de moda (e por que não dizer, o desfile salvador?!) — colorido, pra cima, alegre — e também o momento sinceridade do evento:

– Estou focado em ganhar dinheiro — disparou, ao revelar que voltará ao line-up da temporada paulistana ainda este ano.

NEGATIVO, POSITIVO

Até mesmo quem cobre backstage saiu frustrado. Os bastidores dos desfiles ficaram restritos a poucos — Made in Brazil, We Love Models e “U+Mag” inclusos, mas com os dois últimos mais focados nas meninas do que nos garotos. Uma lástima.

Na listinha do que ainda vale a pena conferir, mesmo após o fim da semana de moda, destaque para “o estilo deles” by Lilian Pacce e o top 5 da “Harper’s Bazaar” que elegeu os gatos do casting de João Pimenta. E se você ainda está no ritmo do Fashion Week, a “Vogue” traz podcasts com os hits que marcaram os cinco dias de passarela. Afinal, só mesmo com muita música #PARAESQUECER!


MISTURA FINA

Cavalera @ SPFW SS14 01

Cavalera @ SPFW SS14 02

Cavalera @ SPFW SS14 03

Cavalera @ SPFW SS14 04

Cavalera @ SPFW SS14 05

Cavalera @ SPFW SS14 06

Embarque no trem da Cavalera

A Cavalera não levou apenas o soul para a passarela do São Paulo Fashion Week. Levou também a mistura de raças e cores. O desfile foi ao ritmo da black music, com modelos dançando e Tony Tornado narrou tudo ao vivo.

A inspiração veio do programa da TV americana “Soul Train”, na década de 1970, dedicado à música soul, R&B, funk e hip hop. Destaque para as estampas, jeans quadriculado, sapatos de golfe e bonés — tudo junto e misturado. #MISTURAFINA


GUIA FASHION

DSC_2821

Começou! E o Fast-food(e) está de olho no São Paulo Fashion Week

São 17h. E neste exato momento está começando o mais aguardado evento da moda brasileira. É o São Paulo Fashion Week em sua edição VERÃO 2014.

De hoje, 18, até sexta-feira, 22, serão cinco dias de evento com o prédio da Bienal, em São Paulo, tomado pela presença de grandes nomes da moda brazuca e internacional em um total de 25 grifes. Teremos muitas celebridades também — só para citar um exemplo, a Colcci traz o ator de “Velozes e Furiosos”, Paul Walker.

– Será uma temporada que marca o triunfo dos grandes grupos e suas grifes cada vez mais poderosas. Basta uma olhada no line-up para entender o momento, muito promissor para os perfis chamados de comerciais e muito delicado para os pequenos e médios ateliês — destaca a “Folha de S. Paulo” que, como de costume, traz a cobertura especial com uma sessão dedicada ao evento.

De praxe mesmo, Chic, RGLilian Pacce fazem a cobertura alternativa. E as transmissões ao vivo na web ficam por conta do FFW!. Na TV, o GNT traz a cobertura dos desfiles em edições especiais do “GNT Fashion” a partir das 22h. E mesmo antes da festa o site da “Vogue” traz as tendências do que poderá ser visto na passarela.

A expectativa fica por conta de Constanza Pascolato que agora ela tem um site só dela.

A nota negativa é a presença reduzida de modelos masculinos na passarela:

– As meninas passaram por vários castings, feitos por várias marcas, no entanto, para os homens, rolaram pouquíssimos castings, já que são poucos desfiles masculinos e sem contar que os produtores resolveram fazer juntos um casting geral, reduzindo o número de castings — informa o blogueiro Marco Negry.

No mais, é torcer por um grande evento. O Fast-food(e) está de olho! #COMEÇOU! #GUIAFASHION #SPFW


NEW SENSATION

Andre Bona @ Closer 01

Andre Bona @ Closer 02

Andre Bona @ Closer 03

Andre Bona @ Closer 04

Andre Bona @ Closer 05

Andre Bona @ Closer 06

André Bona está no Brasil para a temporada de shows

Nova sensação internacional, André Bona, 20, está de volta ao Brasil. Depois de uma temporada em Nova York e Paris, onde desfilou com exclusividade para a Givenchy, o modelo da Closer vem participar do São Paulo Fashion Week que rola na semana que vem. Mas a visita será rápida. Por causa da agenda internacional, ele deve ficar de fora do Fahion Rio. Clique aqui para ver mais sobre o modelo. #NEWSENSATION


SPFW

Daniel Dias @ Piva Assessoria

Daniel Sepreny @ Piva Assessoria

Eder Almeida @ Piva Assessoria

Felipe Chevrand @ Piva Assessoria

Henrique Zanon @ Piva Assessoria

Jhony Simon @ Piva Assessoria

Otavio @ Piva Assessoria

Ramon Durr @ Piva Assessoria

O show package de Alexandre Piva

A Piva Assessoria, de Alexandre Piva, divulga os show package para o São Paulo Fashion Week PRIMAVERA/VERÃO 2014 que rola entre os dias 28 e 22 de março no prédio da Bienal no Parque do Ibirapuera. Acima, os incríveis Daniel Dias, Daniel Sepreny, Eder Almeida, Felipe Chevrand, Henrique Zanon, Johny Simon, Otávio e Ramon Durr. Vá ao Models.com para ver mais. #SPFW


SPFW

Osklen pisa na concorrência; mire nos pés, baby!

É o acessório mais comentado do SPFW. Off White, o tênis masculino de cano alto da Osklen está fazendo a cabeça da rapaziada. O Fast-food(e) ama a tendência que, diga-se de passagem, começou lá fora no inverno europeu, e agora tende a ganhar as ruas do Brasil. Será que a parceria da marca com a Alpargatas tem alguma coisa a ver com isso? #PEGADA

VEJA+

Conheça a  moda 100% malandra e masculina de João Pimenta
Guia: Onde (e como) acompanhar a cobertura do maior evento de moda do país
Pelotão, Sentido! Exército da Ellus invade o São Paulo Fashion Week


SPFW

A moda ‘malandra’ de João Pimenta

Única marca 100% masculina do SPFW F/W 2013, João Pimenta trouxe o malandro dos anos 1930 para a passarela. Ok, o Fashion Week é paulista e o malandro é carioca, mas e daí?!

O cabelo engomado e os bigodinhos feitos a mão em cada um dos meninos, foram um show a parte.

A cartela de cores vai do vinho ao preto, passando pelo branco, rosa e os diferentes tons de amarelo com aspecto de lavados — então se liga, estão aí as cores do INVERNO 2013.

Olha a explicação/inspiração de João Pimenta pro show:

– “A elegância do malandro é nossa versão do dândi, pra inspirar os meninos de hoje a curtirem o momento de se vestir”, disse.

Confira mais sobre o desfile assistindo ao vídeo e ao backstage. Ou, se preferir, clique aqui para ver mais fotos. #MALANDRAGEM

VEJA+

SPFW: Onde (e como) acompanhar a cobertura do maior evento de moda do país
Pelotão, Sentido! Exército da Ellus invade o São Paulo Fashion Week


SHOOT

Ramon Mattos | by Talles Bourges

Ramon Mattos, 21, está em Sampa desde ontem, 29, onde desfila logo mais com exclusividade no São Paulo Fashion Week para Colcci. E aproveitou para fotografar um ensaio com Talles Bourges. O modelo é representado pela F. Mendes Model. #SHOOT


PELOTÃO, SENTIDO!

Exército da Ellus invade SPFW

Um batalhão de modelos. Assim a Ellus encerrou o primeiro dia do São Paulo Fashion Week, a terceira edição do ano. Um total de 50 homens serviram de fundo pros modelos invadirem a passarela — só da Elian Gallardo Model foram 20 “policiais”.

Do preto ao amarelo, o pelotão mostrou que a pegada militar continua com tudo no OUTONO/INVERNO 2013. Acima, você confere os looks “trading topics” do Fast-food(e). Clique aqui e aqui para ver mais e mais… #SENTIDO!

VEJA+

SPFW: Onde e como acompanhar a cobertura do maior evento de moda do país


NEWS

Extra, extra! Está aberta a temporada de shows

Começou! De hoje, 29, até quinta-feira, 01, o Parque Villa-Lobos em São Paulo se transforma no palco da edição OUTONO/INVERNO 2013 do São Paulo Fashion Week — a terceira do ano, numa tentativa de ajustar os shows realizados no Brasil ao badalado calendário internacional.

Como já virou tradição, o FFW! transmite ao vivo os desfiles. A Chic Gloria Kalil, a tarimbada Lilian Pacce e o descolado RG também não ficam de fora e trazem a cobertura completa do evento.

Na terça-feira, 30, a partir do meio-dia, a bela arquitetura da Sala São Paulo, na tradicional estação Julio Prestes, será cenário inédito do desfile da Rockstter. E a marca transmite tudo ao vivo no site.

Na TV, a cobertura do GNT se resume a uma edição especial do “GNT Fashion”, no sábado, às 21h, mas o site do canal traz fotos e vídeos do evento ao longo de toda a semana.

E se você está chegando agora, o Terra traz uma lista com os 30 new faces que prometem causar nessa temporada — metade masculinos e alguns deles sócios de carterinha aqui do Fast-food(e).

E pensa que para por aí? Nada! De 7 a 9 de novembro tem Fashion Rio. E depois de uma tempora fora, o evento volta a ser realizado no Pier Mauá.

Confira o line-up completo e programe-se. As próximas semanas prometem!

SPFW

Segunda-feira (29.10)
12h00 Osklen
15h00 Ronaldo Fraga
16h00 Têca por Helô Rocha
17h30 FH por Fause Haten
19h00 Tufi Duek
20h00 Triton
21h00 Ellus

Terça-feira (30.10)
12h00 
Paula Raia
16h00 
João Pimenta
17h30 
Uma Raquel Davidowicz
19h00 
Samuel Cirnansck
20h30 
Lino Villaventura
21h30 
Colcci

Quarta-feira (31.10)
11h30 Gloria Coelho
16h00 Alexandre Herchcovitch
17h30 Maria Garcia
19h00 R.Rosner
20h15 Vitorino Campos
21h30 Forum

Quinta-feira (01.11)
11h00 Reinaldo Lourenço

Fashion Rio

Quarta-feira (07.11)
11h00 Rio Moda Hype
17h00 Acquastudio
18h00 Herchcovitch
19h00 Oh Boy
20h00 Ágatha
21h00 Alessa
22h00 TNG

Quinta-feira (08.11)
12h00 Bianca Marques
17h00 Oestúdio
18h30 Sacada
19h30 Filhas de Gaia
20h30 2nd Floor
22h00 Espaço Fashion

Sexta-feira (09.11)
17h00 R.Groove
18h00 Nica Kessler
19h00 Andrea Marques
20h00 Patachou
21h00 Coca-Cola Clothing
22h00 Ausländer


CONTESTADORA

O dendê baiano da Cavalera

Em tempos de Rio+20, a Cavalera levou o desfile PRIMAVERA/VERÃO 2013 do São Paulo Fashion Week para um ferro velho na Mooca para falar de… Bahia. Que roteiro, hein?

Azulejos antigos, florais craquelados e colagens de fotos corroídas foram a inspiração do estilista Igor de Barros, daí o cenário como referência à Cidade Baixa, bairro underground da capital Salvador, e ao som do contestador soteropolitano Raul Seixas.

Na passarela, rapazes de paletós e jaquetas de comprimento mais alongado nas costas e shape solto em alguns modelos de calças e bermudas de alfaiataria. Tudo com um ar esportivo e jovem, com acabamentos contrastantes – estampas arrematadas por faixas pretas.

O desfile também teve tempero! Estilistas como Alexandre Herchcovitch, Fause Haten, Lino Villaventura, Reinaldo Lourenço, Marcelo Sommer, João Pimenta e Raquel Davidowicz vestiram camisetas que pediam à presidente Dilma Rousseff um pouco mais de atenção ao mercado da moda brasileira. #ROCKANDROOL


TEATRAL

O palco de Lino Villaventura

Looks transparentes e vazados. Modelos performáticos e, há quem jure, sem underwear. Eis o desfile teatral e, porque não dizer, soft porn  de Lino Villaventura no São Paulo Fashion Week. E desta vez, as calças de sempre, com cavalo mais baixo, perderam status para os sapatos “cheguei chegando”. #TEATRAL


SPFW

A Segunda Guerra de Herchcovitch

O ano é 1941. Japoneses e norte-americanos se enfrentam no episódio que ficou conhecido como Pearl Harbor.

Notícias da Segunda Guerra inspiraram o estilista Alexandre Herchcovitch no quarto dia da 33ª edição da São Paulo Fashion Week, nesta sexta-feira,15.

Sobre a passarela, jornais da época. E modelos em roupas com corte militar e detalhes que remetem ao conflito, como mapas do Japão, peixes e aviões — tudo misturado a caveiras e com um astral punk, marca registrada do estilista.

O ator Cauã Reymond fechou a apresentação com um macacão de couro com ombreiras militares e detalhes em algodão camuflado. E puxou a salva de palmas. Nem precisava: assim como Herchcovitch, Cauã é digno de aplausos.

Quer ver mais? Acesse o vídeo do desfile no blog de Lilian Pacce. #BRAVO!


FASHION

SPFW S/S13 | Backstage

É o São Paulo Fashion Week VERÃO 2013 o assunto da semana da moda no Brasil. O Fast-food(e) traz os bastidores dos primeiros dias de desfile fotografado por Iason Pachos. Destaque para Arthur Sales [@E.P. Models] que encerrou o desfile da Ellus. O top também substitui Marlon Teixeira na próxima campanha da marca. O FFW transmite os desfiles ao vivo pela web. #DEOLHO!